Torcedores do Barcelona

– O time do Avaí é composto por jogadores medíocres comandados por um técnico sem competência.

– É um grupo covarde e que não pode vestir a camisa do Avaí.

– Deveriam ser todos mandados embora, junto com a diretoria.

– E, de quebra, devemos fechar a Ressacada, ou voltarmos aos velhos tempos em que não tínhamos camarotes, apenas arquibancadas de concreto, assim os ingressos seriam diminuídos.

– Esse Avaí não merece o torcedor que tem, torcedor abnegado e guerreiro.

Calma! Não sou eu que estou dizendo isso. Estou apenas repercutindo, num resumo, tudo que ouvi e li desde ontem à noite até agora – e vem mais por aí. Esse resumo aí é dito por gente que entende de futebol mais do que eu. É dito por quem se acha inteligente, preparado, que “não é cego”. A maioria deles tem faculdade de marketing, administração ou jornalismo. Eu não tenho nada disso. E também são aqueles que na boa campanha vão ao encontro dos jogadores e os beijam e abraçam, visitam vestiários, fazem juras de amor, levantam faixas, batem no peito como históricos avaianos, querem sempre ajudar o clube. Na podre, as pedradas.

No jogo de ontem contra o ASA, um simbólico time de série B, houve alguns erros crassos de tática e técnica, qualquer estúpido podia perceber. Mas não vou comentar sobre isso. Deixo para meu amigo Gilberto Rateke Jr. falar sobre os lances do jogo. Por paradoxal que seja, vou exaltar tal situação em que nos encontramos, jogando um futebol competitivo, ralando o couro em jogos encardidos, buscando os resutlados lance a lance, jogada a jogada, em jogos duros e difíceis.

O Avaí Futebol Clube está disputando a Série B, sim, senhor, com hombridade e vergonha na cara. O Avaí de hoje é muito melhor que o do catarinense e será bem melhor daqui para frente, mas é preciso que os avaianos assumam este time. A vergonha é uma torcida-modinha ir só na boa. Gente pela qual não tenho o menor respeito, que só aparece quando disputamos finais de campeonatos e sem risco de perder. Gente que está preocupada com os humores da diretoria, com aviões e portugueses e se esquecem de ir ao estádio apoiar o time que dizem torcer. Mentirosos é o que são. Não me apareçam na frente dizendo que são avaianos, e que não apoiam o seu time por preguiça, medo ou uma desculpa esfarrapada qualquer. Vou correr de chinelo quem fizer isso.

Temos um time aguerrido, sim, combativo, com vontade de vencer, com força, com garra, com gana. Mas é um time que ainda não deslanchou porque quando entra em seu estádio se sente sozinho, desamparado, com um número imenso de cadeiras vazias. Os jogadores se perguntam o que mais podem fazer para o torcedor ir ao estádio. Ficam se perguntado onde eles erraram que a torcida não os apoia.

É uma pena que os torcedores do Barcelona infiltrados em nossa torcida não percebam isso. Eu, ao meu modo, prefiro continuar cego e sem entender de futebol. E continuar não abandonando o meu time de coração.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Torcedores do Barcelona

  1. Alexandre, em breve e aos poucos o torcedor avaiano vai tomar conta novamente da Ressacada. Por incrível que pareça o jogo de ontem tem tudo para ser um marco nesta mudança.
    É claro que para isso torcida e diretoria precisam se “desarmar”. A diretoria ontem deu um passo e jogou a responsabilidade para o torcedor. É evidente que para muitos o fator ingresso não é o que o impede de ir ao estádio. Mas para aqueles que usam deste discurso vão precisar rever seus conceitos.
    Até, por que não dá para esperar atitude de convocação de torcida por parte da dita “imprensa”. Aqui em Santa Catarina ninguém faz o que fazem em prol de Corinthians e Flamengo. Não pelo Avaí!
    Quanto aos erros táticos e falhas técnicas serão supridos, com o passar do tempo, e com pelo menos três reforços necessários.
    Mas ontem o Avaí, tranquilamente jogou melhor do que o Boca (contra o Corinthians) e até mesmo do que o Palmeiras (contra o Coritiba). Até por que o ASA esteve longe de ser o Corinthians ou o Coritiba, foi um Boca piorado.
    Mas a série B é isso aí! Carne de pescoço a cada jogo. E o Avaí mostrou, ontem, entrosamento e solidez que superaram a falta de técnica e alguns erros.
    Agora, imagine como está a cabeça do torcedor do Atlético-PR?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s