Fla x Flu, 100 anos! E o futebol?

Hoje assisti ao badalado jogo de comemoração dos 100 anos do confronto entre Flamengo e Fluminense, o Fla x Flu.

Do lado do Fluminense craques como Deco, Fred e Thiago Neves e do lado rubro negro, Wagner Love (o que ganhou e onde jogou Wagner Love, mesmo?).

Se considerarmos que os clubes brasileiros nunca tiveram a sua disposição, como eles tem hoje, de recursos financeiros oriundos de cotas de televisão e patrocínio, o clássico comemorativo merecia, especialmente pelo lado do time da Gávea melhores jogadores em campo. Mas os administradores de clubes de futebol estão demostrando que  não sabem aplicar bem e com consciência os recursos que possuem à disposição.

Mas, voltando ao jogo, no primeiro tempo o time das Laranjeiras mostrou a sua superioridade, principalmente ao explorar a velocidade de Wellington Nem. Deco e Thiago Neves cadenciavam o meio de campo e Fred, oportunista, marcou o único gol do jogo. A defesa do Flamengo é muito ruim, incluindo aí o lateral esquerdo Ibson. A verdade é que o time do Flamengo estaria fazendo o seu torcedor sofrer mesmo se estivesse disputando a série B.

A superioridade do Fluminense no jogo terminou com o primeiro tempo. Para a segunda etapa Joel Santana tirou Diego Maurício e colocou o jovem meia Adryan, de dezessete anos, para jogar no ataque. E no segundo tempo não é que o Flamengo tenha melhorado. O Fluminense é que abdicou de atacar. Formou duas linhas de defesa, uma primeira de quatro jogadores e outra de cinco, que dificultou e muito as jogadas do Flamengo.

O Fluminense marcava em linhas e buscava os contra ataques, que não obtiveram os resultados esperados. É de se destacar também que enquanto estiveram em campo Fred e Deco buscaram o tempo todo pressionar o árbitro a cada falta marcada contra o time das Laranjeiras. Mas na segunda etapa o Flamengo foi um pouco melhor, porém era visível a falta de qualidade do elenco rubro negro que depositava suas esperanças no jovem Adryan.

O técnico Abel Braga no decorrer do segundo tempo foi tirando os seus craques (Fred, Deco e Thiago Neves) e o Flamengo tentou colocar mais juventude, com a entrada de Mattheus (filho do ex-jogador Bebeto), de 18 anos.

Mas de nada adiantou. A falta de qualidade da equipe do Flamengo esbarrou na eficiente defesa do Fluminense. Mas o futebol mesmo, aquele que os mais saudosos gostam de ver, se fez raramente presente nesta comemoração.

E, pelo andar da carruagem o torcedor rubro negro, da forma como está o time, está fadado a sofrer neste ano!

Anúncios

Um pensamento sobre “Fla x Flu, 100 anos! E o futebol?

  1. Pingback: Coluna: leitura do jogo 14/07/2012 | Alameda 1976

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s