Um tempo para cada lado

Com Loco Abreu nas tribunas assistindo o jogo, Figueirense e Vasco empataram por 1×1 neste domingo em jogo válido pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Mesmo com o Figueira jogando em casa quem tomou a iniciativa do jogo foi o Vasco, dominando inteiramente o primeiro tempo obrigando Wilson a fazer grandes  defesas, com a improvisação do volante Coutinho na lateral direita e com a audácia de Argel em colocar o lateral-esquerdo Marquinhos no meio campo, o  Figueira ficou totalmente vulnerável ao ataque vascaino principalmente com Diego Souza, que foi o autor do gol dos cariocas.

As mexidas de Argel no intervalo de jogo melhorou e muito o Figueira, primeiro com Aloísio no lugar do Marquinhos que não se adaptou a sua nova função, e claro a entrada de Ronny também ajudou e muito, tanto que empatamos o jogo com um gol dele, mesmo com o time não se abatendo após pênalti perdido por Julio Cesar.

Aliás, falando no pênalti, foi mérito do Prass ou erro do Julio Cesar? Bom, pra mim, foi mérito do Prass, apesar de sempre dizerem que pênalti é loteria e  tal, o goleiro vascaino fez bem seu papel, pulou no seu canto esquerdo e defendeu bem.

O Figueira com o empate subiu para 15º e o tabu continua, como eu falei no artigo passado, o Vasco não ganha do Figueira jogando pelo Brasileirão desde 2006,  com esse jogo de domingo se completaram exatos dez jogos de invencibilidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s