A perfeição que nos assola

Vejo a grita geral por atitudes na Ressacada, um elenco de exigências, uma instabilidade emocional desregrada, dedos no olho, coisas de dar inveja a manicômios constituídos, como se fosse muito fácil se fazer futebol. Há gente que pensa que o Avaí é o Manchester United, onde se pode injetar uns milhões ali, abrir o cofre como querem aqui, dar troquinho de ônibus espacial para a comissão técnica, e pôr dois ou três jogadores de ponta que tudo se resolverá. Que beleza! Enfiar os pés pelas mãos no melhor jeito atrapalhado, como alguns destemperados querem. A falta de paciência e as críticas desafinadas agridem o bom senso e já ultrapassaram a fronteira da inteligência.

– Faça, aconteça, arrume e dê um jeito, pô. Quero este time na série A! – é o que exigem os mais exaltados. Assim, sem mais nem menos. Fácil como montar um Lego® de casinha.

Mas, como assim, faça e aconteça?

Quantas pessoas, destas que gritam e esbravejam, ajudam o Avaí? Sim, ajudar, de dar a mão, de oferecer um braço para um auxílio? De engolir certas coisas e esperar que aconteça, de ter paciência? Não ficar apresentando os podres, chutando cachorro morto, para posar de “elemento essencial da internet que tem as informações”. Cuspir no próprio prato, em nome de uma ética só sua. Toda sua.

– Vou denunciar, pois sou uma pessoa reta e virtuosa!

Que não se confunda isso com críticas, para que fique bem claro. Há uma diferença oceânica entre críticas por desempenho e cornetagem explosiva pura e simples. Há uma relevante contestação por mais empenho de alguns jogadores, que não pode ser confundida com a ofensa covarde e atoleimada. Existe uma fome galática por boas posturas e comportamentos, mas enfiar a faca ainda mais ajuda a resolver? É preciso se saber o ponto limite entre uma coisa e outra.

– Que eles se virem pra resolver. – é assim que dizem os sem noção. Ah, dá licença!

No tocante ao time, acompanhei de perto a entrada do técnico Hémerson Maria no comando do grupo avaiano. Ovelha não tinha mais o time nas mãos e não renderia tudo que podia. A mudança foi necessária e natural, como mandam as regras do futebol. Fez-se a opção por alguém competente, até porque se não fosse competente não seria chamado. Simples assim. Não foi nenhum torcedor efusivo ou simpatizante modinha que o chamou, foi a direção do clube. E ao mesmo tempo se estabeleceu que caso não rendesse o esperado seria feita uma mudança novamente. Também algo perfeitamente comum no futebol. Mas deu certo. E que bom que deu certo.

Então foi colocada nas mãos do atual treinador a responsabilidade de, junto a toda comissão técnica, escolher, a dedo, jogadores que estavam disponíveis no mercado. Sim, se alguém não sabe, não temos dinheiro e temos que ainda contar com a boa vontade de alguém querer jogar aqui. Tem jogador bom e acertado com o Avaí que não quer jogar a série B, isso é fato.

Agora, o que temos de concreto é que os recém contratados não renderam. Ainda não entraram no clima. Então derrube-se a Ressacada, mandem prender o Zunino, enviem o Maria para o mais profundo dos infernos, porque os jogadores escolhidos não renderam?

E ainda se reclama das impropriedades do anão de jardim? Pombas, tem avaiano com a baba solta nos teclados feito marionete deles. Ué! Entregam os podres de bandeja e ainda posam de bons moços, detentores da credibilidade? Novos Messias?

Tá na hora de alguns donos da verdade começarem a rever seus conceitos. Porque, se é pra falar mal desse jeito, sem uma pontinha de bom senso, deixem para a rede famosa e para os nossos rivais que eles fazem com todo o carinho e com mais competência.

Os caras perfeitos estão jogando pedras em nosso próprio telhado e uma hora o teto cai. E com todos nós embaixo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s