Nunca serão

Como o dia não está para praia, acabei dando uma espiadinha na web e me deparo com o mais do mesmo.

Quando escrevi aqui, De lá e de volta outra vez, fazendo uma pausa na ausência por causa das férias, de que não me preocupava com o Avaí pois sabia que estava muito bem e que sempre esteve em boas mãos, não estava fazendo uso de uma figura de retórica. Enquanto a turma que adora dar o furo corria atrás de especulações, a direção avaiana já alinhavava as melhores contratações do ano para o Catarinense. E nem a rede famosa esperava por isso, haja vista que já decretava o Leão como o fracassado do ano, junto com boa parte de sua torcida, evidentemente.

Curioso é o estado de ânimo de quem, há dois ou três dias, dava pauta para a mesma rede e agora já até ensaia comprar fogos para o bicampeonato. Aquela turma, não tem?, a da mozzarela com calabresa, cuspia marimbondos e falava cobras e percevejos da direção, mantendo a massa crítica inercial de costume. E quando eu pergunto quanto negativismo?, eles me respondem do alto de suas energuminescências que o Zunino não faz nada.

Caramba, se em cincos anos de mandato ele ampliou o patrimônio do Avaí, profissionalizou o departamento financeiro e saneou as dívidas dos anos de amadorismo, enquanto outros por aí construíam pontes de madeira podre, e nos cinco anos seguintes, com a saúde do Leão em dia, conquistou 3 títulos estaduais, uma campanha primorosa no Brasileirão, outra na Copa do Brasil e mais uma na Sulamaericana, e com perspectivas de fazer mais uma boa campanha ainda neste ano de 2013, isso é não fazer nada?

Todavia, há mais temperos nessa sopa de pessimismo. É aquela postura de entendidos de coisa alguma, que declaram fielmente ser o presidente um pilantra, um chefe de quadrilha, e que seus comandados corrompem o Avaí desgraçadamente, assumindo que ele está fazendo um pé de meia com o dinheiro que entra na Ressacada, aumentando o seu patrimônio e deixando uma boa herança para os filhos. Gente que nem sabe se o presidente é destro ou canhoto, ou de que cor é a sua gravata e já aponta coisas da vida pessoal como se fossem o colchão de sua cama.

O sujeito é um empresário bem sucedido, tem um nome a zelar, seus filhos estão bem encaminhados na vida e há que afirme que ele se submeteria a fazer falcatruas para aumentar a fortuna. Asseguro que somente pessoas doentes ou mal resolvidas na vida pensam desse jeito.

Curioso é que numa hora ele é o tanso que libera o Cléber Santana para o Flamengo e noutra hora é um leviano mafioso muito esperto, mostrando as contradições dessa gente e o quanto são incoerentes.

Erros duros de entender aconteceram, sim, a gente lamenta, mas a vida no futebol é assim. Porém, embora tudo isso tenha ocorrido, o saldo é positivo, diferente do que pensam estes adolescentes mimados.

Dá licença, mas eu vou ali mandar descer mais uma geladinha com um peixinho frito, que ninguém é de adamantium.

Anúncios

Um pensamento sobre “Nunca serão

  1. Alexandre, até já comentei isso, analogamente o Avaí e o Brasil estão para o Zunino e o Lula respectivamente e pra toda a imprensa e parte da população manipulada. E a cada dia ficam mais sem o que falar, pois atacam atacam, insinuam insinuam mas não tem o que fundamentar seus devaneios loucos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s