Pré jogo JEC x Figueira

Por Don Mattos – Manifesto Alvinegro

O Figueirense tem neste domingo uma ótima oportunidade de, com uma vitória, praticamente assegurar a vaga na fase mata-mata do Campeonato Varzearinense.

A despeito das crises que rondam outras agremiações, com técnicos caindo, técnicos estreando, técnicos que não chegam, técnicos ameaçados, Adilson Batista vai trabalhando quietinho, na maciota, ajeitando o Furacão do Estreito para que, na hora do pega pra capar, o time entrar jogando do jeito que a torcida gosta.

Embora a bola jogada até aqui não tenha sido de encher os olhos, o time tem demonstrado bastante competência na arrecadação de pontos. Na disputa com os chamados grandes, perdemos apenas para o tricolor do sul do estado, nas demais partidas foram duas vitórias e um empate. Assim, sendo, mesmo marcando bobeira em jogos que deveriam ser fáceis – como o empate sofrido contra o Juventus depois de sair ganhando por 2 x 0, e a derrota para o Metropolitano – nossa pontuação dá tranquilidade para a boleirada treinar de cabeça fria lá na Palhoça, e joga o desespero de fazer mais do que foi feito até então para os principais adversários diretos.

Para esta partida a equipe deve entrar bastante modificada, e os motivos para isso são vários. Suspensões, departamento médico e estreia. Tinga e Danilinho curtem uma temporada no pronto socorro do Cambirela, William Magrão e Ronaldo Tres estão suspensos pelo terceiro amarelo e na lateral direita poderemos finalmente contar com alguém que é do ofício de fato. Com a provável estreia de André Rocha na camisa 2, Maylson pode enfim exercer a função para a qual foi contratado: fazer a bola rolar no meio de campo. O menino Jackson, volante que agrada bastante a torcida, mas que tem sido preterido por Adilsão, pode também ter sua chance de ouro de provar que a camisa 5 fica muito melhor nele do que no instável Ronaldo Tres.

Soma-se a este cenário interno uma crise braba pelos lados de Joinville. Técnico ameaçado,elenco aparentemente rachado e um time que, de modo geral, é o que mais oscilou no certame até aqui. O tricolor do norte alterna partidas espetaculares, goleadas apoteóticas com vexames dignos de chacota.

Como de costume, não deveremos ter uma partida fácil, mas fazendo direitinho o nosso papel os três pontos em disputa são não só muito bem vindos, como bastante factíveis.

Pela dificuldade que normalmente encontramos na terra da chuva, um resultado adverso também não deve ser motivo para desespero na Avenida Santa Catarina, afinal de contas nossa pontuação nos garante uma situação confortável na tabela e, se não for agora, a classificação para o quadrangular final é só questão de tempo. O desespero pelos degraus de cima da tabela está do lado de lá da ponte, do lado de cá é só manter o ritmo, no nosso canto, pontuando e melhorando a cada partida.

A batêra alvinegra tá no rumo certo, agora é só dar uma acelerada para adicionarmos pitadas de bom futebol aos pontos ganhos.

Saudações Alvinegras!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s