Nos campos dos ciúmes solitários

Se tem um troço que não me comove é a vontade de ser protagonista. Aos 51 anos de idade estou pouco me lixando para que me dêem tapinhas nas costas ou de ter meu copinho cheio de cerveja. Minha vida nunca se pautou por isso. Aqui, quieto no meu cantinho, vivo sossegado. Mas, observo o mundo. E muito bem, por sinal. Que ninguém duvide disso.

Na última semana, após a saída do bom técnico Sergio Soares do Avaí, pipocaram os testes de hipóteses e as doações de furos. Quem acessa a mídia tradicional, as redes sociais, blogues, tuiti, livro da face e orcuti, deu de frente com a quantidade de chutes, especulações, palpites e pitacos os mais diversos sobre quem seria o novo treinador a assumir a casamata do mais vezes campeão de Santa Catarina. Foi uma saraivada de informações e contra-informações, às vezes beirando ao ridículo, de tão inconsequentes.

É bom lembrar, antes que algum analfabeto funcional saia esbravejando, coisa que eu já mencionei por diversas vezes, que enquanto as pessoas caírem na esparrela comum da curiosidade, tudo bem. É natural! Faz parte da condição humana. E ter informação sobre alguma coisa é perfeitamente compreensível. Mas usar a informação para se prevalecer, como aproveitador e oportunista, para ser o cara, para aparecer, para dizer que é melhor do que os outros é tolice. Sair se sobressaindo como dono de fontes seguras, ter as tais informações de alcova, “as quentinhas” é de uma mediocridade infeliz, ainda mais quando isso atrapalha negociações como as efetuadas em times de futebol. E, mais ainda, quando se trata de nosso time. No passado, todos sabemos, havia um talzinho que adorava fazer isso, mas depois que teve suas “exigências” pessoais barradas, resolver morder a corda. Se bandeou para o outro lado, demonstrando o tipo de conduta que o movia.

Eu sabia exatamente como andavam as negociações para a contratação do novo técnico. Desde domingo à tarde da semana passada. Sabia, por exemplo, quem tinha chances, quem estava testando a direção avaiana e quem poderia ser contratado. Havia, pelo menos, 3 nomes seguros e o Avaí os mantinha em segredo, justamente para que as negociações avançassem. Mas eis que um X9 safado, que não posso considerar como sendo avaiano, enfiado dentro do nosso clube, resolveu liberar nomes para posar de sabichão, de protagonista, de dono da informação. Eu sei quem é e vou revelar o nome aqui, no Portal, assim que eu tiver autorização para isso, para que as pessoas saibam que tipo de gente rema contra o clube. Quis ser rei da cocada, debochando de nosso clube.

Uns dois ou três inocentes resolveram repercutir o nome do suposto técnico para poder ter seus 15 minutos de fama, achando, com isso, que estariam fazendo um bom serviço à nação avaiana na eliminação da angustia, mas esqueceram que isso não se faz, que isso é jogar contra o próprio clube. E as negociações regrediram, a ponto de o clube ter que se virar para buscar outras opções que não abusassem da condição financeira do Avaí.

Então, no sábado à tarde, já sabendo quem seria o novo contratado, liberei o nome antes de qualquer jornalista, antes de qualquer blogueiro, inclusive antes do próprio site do clube. Afirmo que isso não me dá prazer algum. Não é de minha índole, não preciso disso e tenho a exata dimensão do que isso representa. Fiz por não gostar da atitude de espertos que querem posar de protagonistas em nome do Avaí. Já dei nos dedos de um famoso blogueiro exatamente porque queria que eu fosse seu X9 particular. E tanto é verdade a situação de gente querendo posar de astros principais, que logo após o anúncio ter sido dado neste Portal, percebi, nas redes sociais, a ciumeira generalizada e os venenos escorrendo como baba de idoso. Adorei! Ter notado espertinhos se remoendo tendo seu furinho não sendo dado foi ótimo.

Que se aprenda que em primeiro lugar é o clube e depois o seu ego. E se tiver que fazer de novo, podem esperar, farei sem nenhum remorso, de modo bem didático, em doses homeopáticas e a conta-gotas.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Nos campos dos ciúmes solitários

  1. Nisso tudo eu penso que a corrução existe em qualquer nível e é corrupção do mesmo jeito, não estou chamando ninguém de corrupto, apenas estou fazendo uma analogia ao que acontece no País e no Avaí.
    No País o pessoal detona o governo por dar o bolsa família, o bolsa escola as cotas etc. porém essas mesmas pessoas compram com desconto de IPI, usam o artigo 170 pra ter desconto em universidades particulares, muitas vezes forjando documentos para tal fim… pois bem, no Avaí não é diferente, pois um monte de gente escreve, fala, discute sempre argumentando contra a diretoria e claro se fazendo de santinho ou aproveitando a oportunidade para malhar alguém, e fazem isso em blogs que se dizem avaianos, em perfis de twitter e facebook onde usam de adjetivos como se fossem os maiores avaianos do mundo e ninguém pode ir contra as idéias e argumentos deles, mas quando alguém mesmo que seja de dentro da tão mal falada diretoria lhe fornece alguma informação sigilosa, a tal transparência pedida acaba não acontecendo, ou seja, falta de caráter na mais plena forma. E ainda tem coragem de se gabar em blogs, twitter, youtube, facebook, pizzaria etc.
    Deem nomes aos que lhes passaram a tão pedida transparência. Ou ela só vale pra um lado?

    Murilo Moreira
    (talvez eu seja o mais constrangido dos torcedores avaianos, e de certa forma não tiro a razão de quem possa estar duvidando da minha palavra, pois os acontecimentos foram muito juntos, mas estou com minha cabeça bem tranquila, pois tenho caráter em qualquer circunstância)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s