Pré jogo: Camboriu x Figueirense

Por Don Mattos – Manifesto Alvinegro

Para o litoral catarinense, ali naquele cantinho de praia depois de Tijucas, pra lá de Itapema, os mais avançados sistemas meteorológicos alertam para a passagem de um furacão de proporções devastadoras.

Depois da boa vitória contra o time da Oktoberfest, o Figueira visita o simpático Camboriú em busca de mais 3 pontos que, dependendo dos resultados de Atlético de Ibirama e Chapecoense, podem garantir ao alvinegro da Avenida Santa Catarina tanto a liderança do returno quanto a liderança geral do campeonato varzearinense 2013.

Jogo bom para consolidar a pontuação consistente que o Figueirense tem conquistado desde o início da competição. O adversário vem também ensaiando uma recuperação, mas se o time de Adilson Batista jogar pra valer, o Cambura não deverá fazer frente para os mais bem vestidos atletas de Santa Catarina.

Sem menosprezar o time que veste a mais feia camisa deste campeonato, se queremos de fato ser um dos postulantes ao título, não dá para admitir bobeadas contra times que brigam para fugir do rebaixamento.

Depois de um empate vergonhoso pela qualidade técnica com a ainda líder geral Chapecoense, e uma goleada contra o time do vovô Choppão, o Figueirense tem na noite desta quarta-feira a oportunidade de acalentar sua sofrida torcida com um futebolzinho de melhor qualidade do que a apresentada até o momento.

Importante destacar que, mesmo tendo goleado o Metropolitano, a partida não foi fácil. Tanto que o destaque do nosso time na partida foi o goleiro Ricardo, que fez uma apresentação notável e, não fosse o gol sofrido – ainda que não tenha tido culpa no lance – sairia de campo com uma nota 10 com louvor. O jogo foi pegado, as duas equipes tiveram chances claras de gol, ambos os goleiros mostraram muita qualidade mas, para nossa alegria, os meninos do Adilsão souberam aproveitar com melhor eficácia as chances criadas.

Agora, contra um adversário notoriamente mais fraco, o Figueira tem a chance de se redimir das atuações temerosas que, mesmo tendo trazido importantes pontos, tem matado a alvinegrada de preocupação.

Vale lembrar que no primeiro turno nossa melhor partida foi contra a Chapecoense, já no segundo turno, contra o mesmo adversário, mesmo tendo saído da casa da indiarada com um empate, fizemos provavelmente a nossa pior partida dos últimos anos. Seguindo esta lógica, no primeiro turno mesmo tendo vencido o Camboriú no Scarpellão, fizemos uma partida sofrível. Quem sabe hoje não é o dia de, além dos 3 pontos, apresentarmos um bom futebol em campo?

Até o momento nossa pontuação do returno é superior a que tínhamos conquistado no primeiro turno nesta altura da tabela, se voltarmos de lá com 3 pontos na bagagem, faltarão apenas 2 pontos para nos assegurarmos definitivamente entre os quatro semifinalistas, independente dos resultados alheios.

Para o jogo Adilsão ainda não terá a sua disposição todos os atletas contratados para serem titulares, mas Tinga e Gerson Magrão já estão na fase de treinos com bola na recuperação dos seus pisados, é bastante provável que ao menos um deles esteja disponível já para o confronto contra o Atlético de Ibirama, e ambos estejam prontos para o clássico do dia 07.

O menino Bruno Nazário que, além de sobrenome de craque demonstrou também ter estrela, ao estrear entre os profissionais com um gol logo no seu primeiro toque na bola, está entre os relacionados para o confronto pós-novela de hoje a noite. Quem sabe o moleque não aparece de novo no segundo tempo para deixar mais unzinho no fundo do barbante, e comece a se mostrar como uma grata surpresa da nossa base que anda tão escassa nos últimos anos.

Mesmo oscilando bastante do meio pra frente, nossa zaga vem se mostrando cada vez mais segura – embora ainda cometa uma rateadinha aqui outra ali – e o goleiro Ricardo tem feito partidas realmente muito boas, deixou de lado as bobeadas do início do ano, e agora já transmite para a massa alvinegra praticamente a mesma segurança que tínhamos ao ver Wilson embaixo das nossas traves.

Agora é só esperar os ponteiros girarem “digeirinho, digeirinho”, bater o ponto ao final do expediente, entrar no carro, fazer uma parada estratégica em Itapema para jantar no Canto da Sereia e tocar para a bela Camboriú.

Saudações Alvinegras!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s