Topada no Galego

O pessoal que não larga o raidinho e os jornais aposta que o treinador Ricardinho e o jogador Marquinhos, do time dos INHOS da Ressacada, estão bicudos. Que não se falam mais e já marcaram um duelo de espadas no fim da Avenida Diomicio Freitas. Dizem, os bem informados, que é questão de tempo para um dos dois ir embora para Pasárgada. Obviamente que é mais uma palhaçada midiática, que na tentativa de pautar os acontecimentos, no sentido de alavancar os bastidores do clássico, criam um factóide desnecessário.

Claro que o técnico azzura falou que não havia sido planejada tal situação, a do cartão do Galego para não jogar em Joinville. Tás tolo, tás! Seria leviano e tosco declarar para toda a mídia, STJD, populares e torcedores, que se elaboram subterfúgios para se beneficiar dos regulamentos. Mas a gente sempre encontra virgens vestais por aí a buscar o reino encantado de OZ.

E é mais claro ainda ser uma obviedade falar do Marquinhos Santos para qualquer coisa. Afinal, é o craque do campeonato. A sua posição é a que define o jogador cerebral, o armador, o camisa dez que todo mundo quer. E se aparece em praticamente todas as seleções das rodadas, certamente que é o melhor jogador do campeonato. Eu não brigo com números.

Dessa forma, será sempre o mais visado pelo que faz, pelo que não faz, pelo que representa e cairá em suas costas todas as responsabilidades pelos seus atos. Assim, é difícil entender alguns choros livres. Ou acabaram os assuntos?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s