Que time é teu?

O manezinho foi participar da Jornada Mundial da Juventude na expectativa de quem sabe estar bem próximo do papa Francisco e pedir pela recuperação do seu time que anda tão mal das pernas.

Não conseguiu alcançar o seu objetivo. Mas rezou bastante pelo seu time e conheceu algumas jovens de outros continentes e de outros Estados do Brasil. Ou seja, não foi uma viagem perdida.

Mas já era domingo de noite quando foi até um bar próximo da orla de Copacabana. E ali mesmo no balcão tomava sua gelada, quando de repente escutou dois jovens discutindo numa mesa sobre futebol:

_ Cara, meu time tem um monte de medalhões, jogadores de nível de seleção, mas não ganha de ninguém.

_ Nem tá diferente da situação do meu time, mano.

_ De que adiantou o investimento da diretoria, se esses m… deixaram o time na zona de rebaixamento.

_ Pois, é. O meu também está lá. E com nove pontos.

_ Os mesmos nove pontos do meu time.

_ E agora querem trocar de treinador…

_ E adianta, o meu time trocou faz pouco tempo e nada mudou.

_ Cara, são quatro partidas seguidas sem vencer …

_ É mano, tá feia a situação, mas o meu já está a sete jogos sem saber o que é vitória no brasileiro.

_ E a torcida, é claro… não comparece.

Nisto o manezinho se viu familiarizado um dos dois também deveria torcer para o seu time. Afinal, jogadores medalhões, nível de seleção, zona de rebaixamento, nove pontos e tantas partidas sem vencer. “Um deles é avaiano” – pensou.

Foi ao encontro dos dois e perguntou, sem cerimônia:

_ Ei, que time é teu?

Meio sem entender o que se passava, os dois jovens se entreolharam e um deles levantou alterado:

_ Tá zoando da nossa cara, mano?

O manezinho tratou de se explicar e com isso ficou sabendo o que queria:

_ Eu torço para o Fluminense…

_ e, eu para o São Paulo.

Pensou o manezinho: Tirando o risco do leão cair para a série C, tem torcedor de time dos ditos grandes sofrendo tanto como nós.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Que time é teu?

  1. Hmm, então tá respondida tua pergunta no Twitter. Bastante perspicaz.

    E acho que os três vão sair dessa situação. Não são times pra lutar contra rebaixamento.

    Muito bom. Abraço!

  2. As torcidas de São Paulo e Fluminense são infinitamente maiores que a do Avaí e colocam público pífios. Na verdade se pegarmos o G-12 são poucas as torcidas fieis, que frequentam os jogos independente da fase, no Brasil é raridade hoje em dia. É preciso perguntar a receita para o pessoal do Nordeste (uma boa parte), Criciúma, Joinville, entre outros.

    E tem uma outra semelhança, mas daí só entre o São Paulo e o Avaí. Os dois presidentes não largam o osso, rs

    Abs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s