“Prova das nove”

Sim. De agora em diante será a prova das nove rodadas (apesar da CBF insistir em bagunçar o campeonato).

Eu acredito que se o Criciúma não cair, Santa Catarina deverá ter 3 times na série A do ano que vem. E também não é impossível e nem será nenhum espanto se tiver 4, mas daí me parece que nem os catarinenses querem (este ponto se desejar, caro leitor, podemos debater em outro texto).

A série B é disputada no sistema de pontos corridos desde 2006 e somente em duas oportunidades foram precisos mais de 63 pontos para a garantia do acesso (em 2009 e 2012).

tab 1

Antes, porém, de realizar alguns prognósticos, gostaria de questionar qual o interesse do Palmeiras nesta série B? Basta o acesso? Ou será ser campeão? Ou, ainda: pretende ultrapassar os 85 os pontos feitos pelo Corinthians em 2008?

Afinal, os palmeirenses enfrentarão, ainda, o Icasa, o Paraná, o Joinville, o Ceará e a Chapecoense (este último jogo, muito provavelmente com destino definido para ambos). Times que em tese estarão brigando pelo G4.

A média histórica, para ser campeão, é de 75,85 pontos:

tab 2

Esses onze pontos para atingir a média o Palmeiras deve alcançar entre a 33a. e a 34a. rodada (coincidentemente nas partidas contra o Paraná e o Joinville). Contudo, pode ainda não ser suficiente para garantia do título nestas rodadas, considerando que a Chapecoense deve permanecer (até estas rodadas) matematicamente com chance de ultrapassar o Palmeiras.

Assim sendo, o Palmeiras deve garantir o título da série B já contra o Paysandu fora (na 35a. rodada), ou na pior das hipóteses em casa contra o Boa Esporte (na 36a. rodada). Ou seja, poderá jogar contra o Ceará e contra a própria Chapecoense, nas duas últimas rodadas com “sangue doce”. A não ser, como dito acima, que o Palmeiras (incentivado pelo seu torcedor) também tenha o intuito de ultrapassar a pontuação obtida pelo seu rival em 2008. E, assim, pretenda fazer 21 pontos dos 27 ainda restantes.

Mas vamos retornar ao que nos interessa: as vagas que restam no G4:

Chapecoense:

Para o time do Oeste catarinense alcançar os históricos 63 pontos não parece ser uma tarefa difícil, principalmente se lembrarmos que o time ainda tem 30 pontos a disputar. Com a competência que vem mostrando tal intento poderá ser atingido ainda neste mês de outubro, onde enfrentará, em sequência e nos seus domínios, os time do Ceará, Sport e Figueirense. Além destas partidas, também jogará em casa contra América-RN, Bragantino e Palmeiras (na última rodada). Sendo que longe de sua torcida enfrentará Atlético-GO, Guaratinguetá, Paraná e Icasa

Ou seja, apesar da qualidade da maioria dos seus adversários o time do Oeste deve estar na série A em 2014.

Restam duas vagas para oito postulantes: Sport, Avaí, Paraná, Ceará, Icasa, América-MG, Joinville e Figueirense.

Sport: o time pernambucano tem 5 partidas em casa (América-MG, ASA, São Caetano, Paraná, Paysandu) e quatro fora (Chapecoense, Ceará, Atlético-GO e Boa Esporte). Acredito que deve terminar o torneio com no máximo 66 pontos.

O Avaí tem 4 partidas em casa (Bragantino, Figueirense, América-RN e Boa Esporte) e cinco fora (Atlético-GO, Paysandu, ASA, Ceará e ABC). Dos postulantes ao acesso, o leão catarinense é um dos que tem menos adversários diretos na disputa pelo acesso. Portanto, não acredito que tenha dificuldades de atingir 60 pontos. Porém para disputar a série A de 2014 precisará mais do que isso. E acredito que os resultados contra Atlético-GO, Paysandu e ABC é que definirão o futuro do leão. Creio que atingirá 67 pontos.

Paraná: o time paranaense tem cinco partidas em casa (Bragantino, Atlético-GO, Palmeiras, Chapecoense e Icasa) e quatro fora (Joinville, Boa Esporte, Sport e Guaratinguetá). Acredito que deve terminar o torneio entre 63 e 66 pontos.

Ceará: o time cearense talvez seja o clube que tem o caminho mais difícil pela frente. Em casa enfrentará quatro adversários diretos (América-MG, Sport, Avaí e Joinville). E mesmo que vença as quatro partidas precisará buscar pontos fora contra (Chapecoense, América-RN, Atlético-GO, Guaratinguetá e Palmeiras). Penso o que deve terminar o torneio entre 60 e 66 pontos.

O Icasa pode ser uma das grandes surpresas deste final de campeonato. Em casa enfrentará Palmeiras, Figueirense, Boa Esporte, Paysandu e  Chapecoense. E fora terá São Caetano, ABC, Bragantino e Paraná. Deve atingir entre 61 e 65 pontos.

América-MG: o time mineiro para alcançar o objetivo do acesso terá que continuar sendo um visitante indigesto, quando enfrentará Sport, Ceará, São Caetano, América-RN e Joinville. E, principalmente, garantir os pontos em casa contra Paysandu, ASA, Atlético-GO e ABC. Mas creio que chegará apenas aos 63 pontos. Será suficiente?

Joinville: O time do norte catarinense terá pela frente em seus domínios Paraná, Paysandu, Oeste e América-MG. E fora de casa Boa Esporte, Figueirense, Palmeiras, São Caetano e Ceará; Apesar das possibilidades creio que será muito difícil conseguir o acesso e sequer deve chegar aos 60 pontos.

Por fim, o Figueirense, que ainda tem 30 pontos em disputa. Em casa recebe o Paysandu, Joinville, Icasa, Guaratinguetá, ABC e ASA. E fora jogará contra Chapecoense, Avaí, Oeste e Bragantino. Se vencer todos os jogos em casa deve chegar aos 60 pontos. Ou seja, para garantir o acesso necessitará vencer fora de seus domínios. Creio que não passará de 65 pontos.

Bem, faltam 48 dias para sabermos o resultado da prova das nove!

Anúncios

Um pensamento sobre ““Prova das nove”

  1. Pingback: Na série B, faltam cinco rodadas… | Todo Esporte Santa Catarina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s