Um processo em contínuo desenvolvimento

Na noite deste dia 12 de dezembro, diferente do que muita gente pensa, não se encerra um ciclo, mas permanece um projeto que obteve êxito, tirando o Avaí Futebol Clube do amadorismo e o colocando na vitrine do futebol brasileiro, como um clube de futebol com possibilidades. E é isso o que importa.

Não tenho nenhum pudor ou vergonha em dizer que a administração Zunino foi das mais vitoriosas de nossa história, nos tempos modernos do futebol no Brasil. Se em outros anos, antes dessa administração, dependíamos da venda do almoço para pagar a janta, porque era assim que funcionava o futebol no Brasil, agora andamos com nossas próprias pernas, graças ao caráter empreendedor da última gestão. E não estou falando do dinheiro investido pelo presidente Zunino no clube, até porque qualquer pessoa em sua condição e com o amor que tem pelo clube, faria. Estou falando da estrutura administrativa, feita no silêncio, sem alardes, sem o cacarejar típico que fazem os incompetentes. Hoje, qualquer um que assumir o Avaí, desde o atual grupo de gente responsável até alguns perdedores vingativos, terá condições de tocá-lo adiante. Por isso, dou salvas ao presidente Zunino pela sua iniciativa.

Todos os erros e acertos listados pontualmente aqui e ali fazem parte do processo e algum outro dirigente teria os mesmos resultados, ainda que seria difícil suportar as dificuldades sem nunca abandonar a causa. Dedicar estes anos na formatação da estrutura interna, sacrificando títulos e campanhas, poucos fariam. E é algo que não ganha votos, por incrível que pareça, mas é o que dá viabilidade e musculatura ao clube.

É visível, contudo, que durante este período, um massa disforme e interesseira quis impor regras e condutas baseadas num ótica romântica de se fazer futebol, completamente fora do contexto de nossa realidade. Gente que dizia torcer para o Avaí, mas focava seus escopos em times europeus, como se as regras de lá valessem naturalmente para cá, e torcia para o fracasso quando isto não era atendido, numa forma de validar suas teses e imposições. E, não obtendo êxito, disparou durante anos a fio uma saraivada de rancores, ofensas e insultos, dos mais cascudos aos mais covardes. Claramente essa postura tem uma origem identificável, partindo de derrotados em eleições passadas e aliciando adolescentes submissos ao longo do tempo. Se tivéssemos críticas propositivas, que norteassem para um objetivo comum, o crescimento do Avaí Futebol Clube, ao invés de exposições de cunho meramente pessoal, seria um avanço indiscutível na condução de uma estrutura cada vez mais forte, sem arroubos preconceituosos ou levianos.

Entretanto, apesar dessa torcida contrária, o Avaí segue firme e em desenvolvimento.

A etapa que se consolida nesta noite de quinta-feira garantirá mais um processo ao crescimento do Avaí, para alegria de sua imensa torcida e para desespero de uns poucos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s