Desenhando o jacaré

São muito curiosas as alegações do pessoal que adora jogar pedras, mas não quer ser vidraça. Ou de quem se importa com miçangas, badulaques e ornamentos, fantasias, alegorias e adereços, e não com o conjunto da escola de samba. A árvore ao invés da paisagem. A vírgula ao invés do texto. Tirar as partes do todo e transformar esta parte no principal assunto.

Ora, há uma discussão tola, improdutiva e sem noção quanto às camisas confeccionadas pela Fila® para o Avaí. Há gente defendendo tese de araque sobre uma simples manga, um selinho, uma gola que “invadiu os espaços”. Vamos combinar, verão é época de férias, por isso eles não tem nada para fazer mesmo. E, o que é pior, a mãe de todas as sandices, ainda querem alegar que se está arruinando a carreira de um jogador como Marquinhos Santos e não se importando com os ombros largos da camisa. Chama a mãe que o pai tá doido!

Quando eu vejo isso, estes argumentos toscos e sem qualquer conduta lógica, eu começo a perceber que estamos longe, mas muito longe de  ser um clube de futebol representativo no cenário nacional, graças a estas conversas de comadre. As pessoas estão gastando energia desnecessária com costuras e cerzidos, mas não querem que se cobre mais volume de jogo deste ou daquele jogador.

Ou não têm mesmo o que fazer ou querem posar de críticos, achar sempre um defeito para ter o que dizer. A Fila® que não se importe, pois amanhã vão achar que as cores da camisa são diferentes ou que ela tem cheiro de… tecido. E se não forem as camisas serão os meiões e se não forem os meiões serão os calções.

Dizem que futebol é difícil. Não, não é. O que é difícil é agüentar isso, estas tolices.

Ora, para que alguns analfabetos funcionais entendam, não se está deixando de lado os detalhes da camisa para bater em Marquinhos Santos. O problema é que eles são menores agora. Não estamos com essa bola toda para rejeitar uniformes, com a qualidade que for, e contemporizar em relação à má disposição dos atletas avaianos. Ou de alguns deles.

É bom que se diga que Marquinhos Santos não será, jamais, execrado por qualquer torcedor. Ao menos pelos avaianos. Marquinhos Santos não tem que provar nada para ninguém. Ele está na galeria dos maiores ídolos deste clube. Faz parte da nossa gloriosa História. Tem lugar de destaque em qualquer discussão a respeito do Avaí. Se tornou uma lenda em nosso futebol e é temido por todos os adversários em nosso quintal, mesmo que não admitam. Uma jogada só, um passe, um toque, uma virada de pé e ele pode fazer o inominável, o assombroso, o indistinguível. É daqueles jogadores super-dotados, com uma inteligência acima da média. Ninguém tem o direito de acabar com a carreira deste jogador. Acho que nem ele mesmo.

Ocorre que ele jogando como tem jogado, de mal com técnicos, jogadores, com torcedores, com dirigentes e com a imprensa só tem a perder. E o Avaí junto com ele. Não nos serve. É dele que se espera os gols espíritas e os antológicos. É dele que se quer o calção sujo da grama e a canela sangrando. É ele que se quer extenuado e cansado, mas com sucesso escorrendo no rosto por ter levado o Avaí a mais uma vitória. Eu não quero jogador com má vontade no meu time, que isso fique bem claro. Até o senhor Marcos Santos. Ele pode ter todos os argumentos louváveis da vida, os existentes e os inventados, mas eu o quero sendo efetivo dentro dos noventa minutos de uma partida. Ou pelo menos em um só, mas sendo o suficiente para vencermos.

E eu quero Marquinhos Santos jogando e sendo efetivo com a camisa mais feia do mundo, porém nos fazendo vibrar por mais um título.

Se alguém quiser que fique com o jacaré com todas as alegorias e adereços, pois eu prefiro ficar com toda a lagoa e o Leão soberano sobre ela.

Anúncios

Um pensamento sobre “Desenhando o jacaré

  1. “…Ocorre que ele jogando como tem jogado, de mal com técnicos, jogadores, com torcedores, com dirigentes e com a imprensa só tem a perder. E o Avaí junto com ele.” Depois de tudo que você comentou, enfim agora descobrimos por ele vem jogando tao mal e perdendo gols bobos. Ta explicado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s