Taí o que você queria

Foi um bom jogo de futebol? Não, mas houve futebol. Um pouquinho, mas houve. Mesmo timidamente, mas já se percebe que há um treinador na beira do gramado diferente dos antecessores.

Estes jogadores jogaram o suficiente pra apagar todas as mágoas tidas até aqui? De maneira alguma. Essa ferida vai custar a cicatrizar e vamos purgar por um bom tempo.

Teve corpo mole? Dessa vez, não. Todo mundo correu, se envolveu com o jogo, sujou a bunda na grama.

De fato, a torcida queria não apenas uma vitória, evidentemente, mas algo parecido com um jogo tipicamente do Avaí. É bom saber que não precisa haver futebol bonito e vistoso, pois quem quer espetáculo que vá a um circo (alô, Assis). Queremos daqueles jogos que vem com requintes de crueldade e finais felizes, tipicamente avaianos. São esses tipos de jogos que a nossa memória guarda. O que houve, o que existe e o que será.

O Moleque Tropeço de Jaraguá nem era assim um Emelec da vida, daquele jogo inesquecível da Sulamericana, mas o time avaiano conseguiu, com garra e determinação, superar os reveses da partida. É assim que funciona. E reveses criados, diga-se, por eles mesmos.

Então, agora quer dizer que superamos todas as dificuldades e vamos ensaiar o TIME DE GUERREIROS?

Imagina! Nem deu pra tirar o dente cariado. A caminhada é muito longa e indigesta e tem muito a ser feito.

Mas, também, como comentei com amigos, muitas coisas ocorreriam nesta noite. E ocorreram. Quem acompanhou a TL no twitter e foi ao jogo, sabe do que falo.

O bom é que algumas máscaras caíram e os discursos perderam a credibilidade, se tornaram vazios, para o bem do clube e não da sanha de murrinhas egocêntricos. O torcedor avaiano, o que se importa verdadeiramente com a saúde de seu clube, não se apega a fofocas e mexericos, ou vive procurando defeitos para ter o que falar mal, para ter texto.

De tudo isso que ocorreu nesta quarta-feira, o certo é que as melancias vão começar a se ajeitar no caminhão, só que a rota do veículo, contudo, pelo que se viu e se sabe, passará bem longe de uma famosa praia, ali em Governador Celso Ramos, pra bom entendedor entender.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s