Santos 2 x 0 Criciúma

Olá pessoal !  Estava de folga e estou retornando para comentar e postar tudo o que for referente ao nosso Tigre. Começo então pela derrota diante do Santos onde o Criciúma poderia nem ter ido à São Bernardo ( SP ) , local da partida, pois pouparia a viagem e o desgaste …   dos jogadores.  Primeiro a escalação com um ( 1 ) atacante foi um dos presentes que levamos para o time do Santos, ainda mais com o Lucca de atacante, pois neste ano não tem se apresentado bem. Outro presente entregue ao time santista foi dado pelo volante Rodrigo Souza que perdeu a bola na intermediária e presenteou o contra ataque alvinegro até o primeiro gol.  Depois,mais um presente: mais uma bola perdida no meio de campo, outro contra ataque e o segundo gol do Santos. Sem contar com a passividade de Serginho e companhia na falta de marcação , deixando os atletas santistas livres e soltos , sem dificuldades para fazer o placar final.

Se sair de Criciúma e jogar como time pequeno não vai vencer fora de casa. Já entra em campo como se a derrota fosse o final da história e algo que seria inevitável. É como se fosse apenas cumprir a tabela e caso viesse  um empate ou uma vitória seria algo heroico.

Bem, terminamos a fase pré-copa com 11 pontos na 13 .0 colocação. Aguardaremos as contratações e a performance até dezembro, esperando estar entre os 16 melhores colocados !

 

Criciúma 2 x 3 Figueirense

O Criciúma não perdeu a chance de obter o bi campeonato na partida de ontem. Desde o início do campeonato eu não vi um jogo ( exceto contra o Metropolitano 4 x 0 ) em que pudéssemos observar um “time” de futebol. Foi sempre aos trancos e barrancos. Contratações que não vingaram como Eduardo, Escudeiro, Rogério, Karanga, Rodrigo Silva, Uchoa, Tiago Humberto, Lulinha…

Vejam meus amigos, no jogo de ontem contra o Figueirense, apenas o Escudeiro, Ronaldo Alves, Gustavo e Paulo  Baier  foram contratados neste ano. Os outros sete jogadores já estavam no elenco do Tigre ou voltaram de outros clubes, mas pertencem ao Criciúma. Conclusão de que as contratações não deram certo, certo ???????  As duas laterais foram ocupadas por jogadores da base ; o ataque, o homem referência de área foi um jogador trazido do Taboão da Serra ( sub-20 ), sendo que nunca tinha jogado em um clube, campeonato estadual e tudo mais…  Então meus amigos, não tem como transformar esse time em  um CAMPEÃO !

Nem vou falar das ajudas dos árbitros que o Tigre obteve no decorrer deste campeonato, mas que agora podemos dizer que a terceira colocação não foi muito merecida. Entendo que outras equipes poderiam estar ocupando posições a frente do Tigre como Brusque por exemplo.

Agora resta pensar na Copa do Brasil e Série A.  Aguardaremos as contratações !

Criciúma 1 x 1 Marcílio. Saída de Drubski !

O jogo entre Criciúma e Marcílio Dias pela sétima rodada do Catarinense poderia ser uma das questões do vestibular da UFSC para este ano:

questão 1 –  O Criciúma empatou em 1 a 1 com o Marcílio Dias em 19 de fevereiro e não conseguiu os três pontos por:

01 – Jogou sem vontade e com vontade de derrubar o técnico;

02 – O técnico Ricardo Drubski não treinou seu time;

04 – O técnico Ricardo Drubski falava em Ucraniano e os jogadores entendiam em Irlandês;

08 – Os jogadores do Marcílio são melhores que os do Tigre;

16 – O elenco do Criciúma é ruim !;

32 – Contra o Criciúma os times se matam para vencer como se fosse um jogo de final de campeonato;

64 – O árbitro influenciou no resultado amarrando muito o jogo como disse o técnico Drubski.

 

O meu somatório deu 61 e o seu ????????

Metrô 3 x 0 Criciúma

Essa derrota fez-me lembrar do ano passado quando o Tigre perdeu em casa para o Guarani da Palhoça e já queriam              ( imprensa e torcedores ) abandonar o planejamento. Esse resultado de nada acrescenta para mim em termos de previsão para este catarinense. Claro que agora é tiro curto, mas mesmo assim, não dá para dizer nada !  Evidente que esperar 3 meses para chegar ao entrosamento, como pronunciou o Ricardo Drubski, também é um exagero. Então que a diretoria viesse a público e apresentasse o real planejamento: usar o catarinense como laboratório para a série A. Não adianta, sempre cometemos os mesmos erros: não conseguimos manter o plantel ! E depois é essa correria, pressão,  para encontrar os resultados positivos. Ano passado deu, e teremos que aguardar para este ano. O começo está sendo terrível !

Bem, falar do time no jogo contra o Metrô ?    Que time ??????

Duas vitórias no Heriberto Hülse ! Mas o futebol…

As duas vitórias do Criciúma nos dois últimos jogos em casa deram ao Tigre a liderança. Mas o futebol apresentado foi muito confuso !  Um esquema montado pelo técnico Drubski que não tem pé nem cabeça ! Os jogadores se batem dentro do campo. Parece aquelas peladas que fazíamos no colégio em que o professor de educação física jogava a bola na quadra e todo mundo corria atrás da bola. Claro que há alguns componentes importantes como: falta de  do entrosamento, calor forte, e bla bla bla. Mas penso ainda que o agravante do sistema tático confuso do senhor Drubski tem contribuído e muito com o baixo futebol coletivo do Tigre.

Contra o Figueirense houve uma evolução sim em comparação ao primeiro jogo, mas contra o Brusque o time foi apático, vulnerável e a equipe adversária deveria ter tido uma sorte melhor. Não vou falar de arbitragem , pois no mesmo jogo tiveram outros lances polêmicos em favor do Criciúma que não foram expostos na mídia e nem se comentou.

Ainda penso que a direção deveria contratar um atacante com mais força física e o time titular do Criciúma ideal na minha opinião seria:

Galatto, Eduardo, Escudero, Ronaldo Alves, Éwerton, Serginho, João Vitor, Ricardinho, Paulo Baier, Lucca e Fernando Karanga.

Joinville 1 x 1 Criciúma

Li uma avalanche de comentários sobre este jogo e ironizando, criticando e ridicularizando a apresentação do Tigre. Mas interessante é que há comentários em que já colocam o Criciúma na repescagem do catarinense e o Jec na série A em 2015. Não aprendem !  É sempre a mesma coisa !  Pessoal, por favor, não teçam nenhum comentário de primeira rodada !

Busquem os comentários dos 5 primeiros jogos do catarinense do ano passado ! Falavam que o Criciúma poderia até cair para segunda divisão. Claro que neste ano são apenas 9 partidas e não tem returno.

Sobre o clássico:

Ontem, vários fatores predominaram nos 90 minutos:

1) O Joinville sempre come a grama quando joga contra o Tigre;

2) O Joinville atacou usando somente o lado direito e é muito pouco ; será visado nos próximos jogos;

3) O Criciúma estava morto fisicamente, desentrosado e sem vários jogadores que ainda não estrearam;

4) Erro da bandeirinha ao não marcar impedimento no gol do Tigre.

Conclusão: não me garantiu em nada que o Jec irá fazer bonito neste campeonato e na série B e nem que o Criciúma não chegará ao seu bi campeonato.

Pessoal, não dá pra dizer nada !!!!!!!     AInda……